Bem vindos ao meu espaço

Após algum tempo a navegar neste mundo de blogosferas, dei por mim ai e ali a escrever o que se pensa aqui… resolvi então criar o "Coffee Break e 3 linhas de conversa", o lado mais dia-a-dia, o lado mais soft, talvez o lado mais “santo” de Santo&Pecador. Serve este blogue, como o próprio nome o diz, para fazer uma pausa e escrever 2 ou 3 linhas sobre aqueles pensamentos, ideias e momentos (bons, maus ou mesmo aqueles assim-assim) que nos surgem durante o dia ou da noite. Vou tentar assim com as vossas opiniões e com algumas, saudáveis, discussões que por aqui vão ficando, tentar enriquecer e melhorar o meu padrão de vida e algo mais…



Logo estão todos convidados para um Coffee Break e 3 linhas de conversa,

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Há coisa que eu não entendo


Hoje divorciei-me!
Apesar de ter sido de minha vontade esta separação, apesar de neste momento saber que é o que quero e pensar ser o mais acertado, faz-me confusão como é que alguém me pergunta, se vou fazer uma despedida de casado ou uma festa para comemorar o divórcio.
A menos que se casem “obrigados”, não compreendo como se pode festejar algo em que se falha ou se perde.
Quando tomei a decisão de casar, foi porque o desejei, porque estava apaixonado e porque amava a pessoa com quem estava.
Uma vez que esse amor findou, uma vez que já não me sinto apaixonado e já não desejo partilhar a minha vida com essa pessoa, não encontro motivos para o festejar. Os planos que ambos fizemos, os filhos que tivemos, são parte de um projecto a dois, algo que ambos nos propusemos a fazer e não conseguimos.
Falhamos!
Perdemos!
Não adianta procurar de quem é as culpas, ambos vamos encontrar erros de ambos os lados mas de maneiras diferentes. Para mim, sempre que uma relação termina a responsabilidade é sempre dos dois. Por isso, expliquem-me como é que posso festejar um futuro que já não será, um projecto que falhou, um passo para trás que se dá na vida.
Por isso, hoje divorciei-me e não estou feliz.
Procuro ser mais feliz!


Jorge Palma - A gente vai continuar

6 comentários:

Moi disse...

Como te entendo!
Sabes as coisas tornaram-se tão banais que já se festeja tudo, falta só a morte.

Quanto aos erros, ao falhar... não penses assim, foi o que tinha de ser, como tudo na vida, há um principio e um fim.

Melhores dias virão, e ainda vais ser muito feliz! O melhor do mundo para ti! :)


Beijoooo grandeeeee

sonho disse...

Numa separação nunca só um é culpado...mas sim os dois...mesmo quando o amor acaba uma separação é sempre difícil...mas acredita em melhores dias...:)
Beijo d'anjo

CoisasDaGaja disse...

Grande verdade! Eu divorciada me confesso. E são precisos anos para levar a cabo um projecto que inicialmente era de duas pessoas! Também não me parece que haja motivos para celebrar, mas há sim razões para renovares a esperança no futuro e de preferência com a certeza de que não cometerás os mesmos erros. Outros talvez, mas não os mesmos. Desejo-te boa sorte!! :)

Santo&Pecador disse...

Moi,
Só penso que existem coisas, mesmo sendo de nossa vontade, não merecem ser festejadas.

Beijo!

Santo&Pecador disse...

Sonho,
Nem está em questão as culpas… e sim, um relacionamento quando termina existe sempre culpa de ambos os lados.
Não consigo ver a razão que leva a comemorar uma separação.

Beijo!

Santo&Pecador disse...

Gaja,
Nem mais…disseste tudo!

Beijo!