Bem vindos ao meu espaço

Após algum tempo a navegar neste mundo de blogosferas, dei por mim ai e ali a escrever o que se pensa aqui… resolvi então criar o "Coffee Break e 3 linhas de conversa", o lado mais dia-a-dia, o lado mais soft, talvez o lado mais “santo” de Santo&Pecador. Serve este blogue, como o próprio nome o diz, para fazer uma pausa e escrever 2 ou 3 linhas sobre aqueles pensamentos, ideias e momentos (bons, maus ou mesmo aqueles assim-assim) que nos surgem durante o dia ou da noite. Vou tentar assim com as vossas opiniões e com algumas, saudáveis, discussões que por aqui vão ficando, tentar enriquecer e melhorar o meu padrão de vida e algo mais…



Logo estão todos convidados para um Coffee Break e 3 linhas de conversa,

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Vou escrever-te uma carta.


Vou escrever-te uma carta.

Vou improvisar linhas em papel branco, deixar a lapiseira fluir, sem parar, evitando assim esconder-me nas entrelinhas.

Vou escrever o que não te consigo dizer, para conseguires ouvir o que não consegues escutar.

Vou despir os meus desejos no papel, desenhar beijos na minha caligrafia, tentar tocar-te até os dedos me esgotarem e os lábios calarem.

Vou mergulhar nesta folha, para que possas arrancar o sabor do meu corpo.

Vou agarrar as palavras, cozer as letras no branco do papel, para não se rasgarem com o tempo.

Vou dizer-te para regares os sonhos, que cultivo em ti.

Pedir-te para não pensares que não sou… deixar as palavras desvendar os meus segredos.

Pedir-te para leres e sentires o que o papel não vai esquecer.

Vou tocar as letras, bailar nas palavras, para dançares na leitura.

Vou gritar palavras para que não se percam no silêncio.

Vou escrever-te uma carta,

porque é mais fácil falar no papel do que escrever com a boca.



2 comentários:

Moonlight disse...

Meu amigo...

...que carta mais linda que eu jamais alguma vez li.
Dançei nas tuas palavras como se fosse para mim.
Sim deveriamos escrever sempre,o que não conseguimos dizer com a boca.Mas era deveras maravilhoso têr alguêm que as conseguisse decifrar na prefeiçao!

Bjinho cheio de luar

Santo&Pecador disse...

Moonlight,
Obrigada amiga.
Não devíamos perder o hábito de escrever cartas.
Era algo mágico, enviar as nossas sentidas palavras pelo correio e aguardar impacientemente por uma resposta.
Enfim… tenho momentos em que me apetece... escrever uma carta. :-)

Beijo!