Bem vindos ao meu espaço

Após algum tempo a navegar neste mundo de blogosferas, dei por mim ai e ali a escrever o que se pensa aqui… resolvi então criar o "Coffee Break e 3 linhas de conversa", o lado mais dia-a-dia, o lado mais soft, talvez o lado mais “santo” de Santo&Pecador. Serve este blogue, como o próprio nome o diz, para fazer uma pausa e escrever 2 ou 3 linhas sobre aqueles pensamentos, ideias e momentos (bons, maus ou mesmo aqueles assim-assim) que nos surgem durante o dia ou da noite. Vou tentar assim com as vossas opiniões e com algumas, saudáveis, discussões que por aqui vão ficando, tentar enriquecer e melhorar o meu padrão de vida e algo mais…



Logo estão todos convidados para um Coffee Break e 3 linhas de conversa,

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

A vida é o caminho...
...não o fim do caminho!


Tem dias em que por um motivo inexplicável e sem qualquer razão aparente penso (de)mais; ou porque não está sol, ou porque chove, ou porque estou sozinho, ou porque sinto falta de alguém ou de algo, ou porque talvez esteja carente, ou simplesmente porque sim, porque a natureza e o meu estado de espírito assim o determinam.
Nesses dias penso na vida, na minha vida e nas vidas que fizeram e fazem parte dela. São essas vidas, as que chegam e ficam, as que partem e não voltam mais, as que passam e seguem, as que permanecem, as que descubro e as que ainda não sei se surgem, que redigem a minha história. No reconstruir desta história de vida, percorro as memórias do passado, passo por aquelas de há muito tempo, por aquelas de há pouco tempo, pelas de ontem e até pelas do presente que neste momento já são passado. Recordo, feliz, as coisas boas e os momentos inesquecíveis, que, por vezes, foram um fim-de-semana, um dia, uma hora, até mesmo um escasso minuto ou um expressivo segundo. Relembro as coisas más, repenso no que aprendi com elas, no que me custaram, no que ainda me doem, nos obstáculos que superei, nas dificuldades que passei, nos desgostos e desamores que já foram e nos que ainda perduram. Neste misturar de pensamentos entre o que tive de bom e mau, percebo que grande parte do sofrimento e da dor, que senti e ainda sinto, advêm de momentos de enorme felicidade e alegria. Os melhores momentos, os inolvidáveis, foram sem dúvida os que me deixaram as melhores memórias mas também os que me condenaram a uma dor maior. Foi o fim-de-semana memorável, o dia inesquecível, a hora apaixonada, o minuto eterno e aquele segundo mágico que me doaram uma eternidade de sofrimento. Mas... voltaria a viver tudo outra e outra e, ainda, mais outra vez, não lhes mudava nem um único pormenor, pois já não seriam os mesmos se lhes alterasse fosse o que fosse.
Porque, pior que toda esta dor que fica é a ignorância de como teriam sido esses momentos. A vida é isto, é feita de altos e baixos, de amores e desamores, de paixões e desgostos, de dificuldades, obstáculos para ultrapassar, de lágrimas para chorar, de sorrisos para dar, de coragem para perdoar e pedir desculpas, de paisagens para desfrutar, de pessoas e momentos para amar.
A felicidade, que é o que todos procuramos, é a vida. A vida vivida com todos os seus defeitos e feitios. Encontramo-la no caminho da vida, em cada etapa, em cada passo e em cada vivência.
A vida é a nossa maior felicidade, e, a vida é o caminho e não o fim do caminho.

8 comentários:

MiM disse...

Que 2012 te traga esse caminho.
Passei para te desejar um Bom Natal.
Beijo

Moi disse...

Os melhores momentos trazem um agridoce de memórias que se entrelaçam no presente que se fez passado... porque o futuro não se conhece jamais.



Beijo meu, com uma festinha no teu rosto

Santo&Pecador disse...

MiM,
Um feliz natal para ti e para os teus.
Desejo-te tudo de bom.

Beijo!

Santo&Pecador disse...

Moi,
o futuro é e será sempre uma incógnita...e ainda bem que assim o é.
Feliz Natal, amiga!

Beijo!

Paula NoGuerra disse...

Que nada seja esquecido pois como se costuma dizer "Viver é recordar!"

BOAS FESTAS AMIGO XXX

Sérgio Pontes disse...

Gostei, um abraço e bom ano de 2012

Santo&Pecador disse...

Paula,
eu diria mais viver é existir! Se nos recordarem, existimos e se recordarmos, existiu quem recordámos.

Beijo!

Santo&Pecador disse...

Sérgio,
Bom ano para ti também, amigo!

Abraço!